A administração da ENEVA é feita pelos melhores profissionais do mercado. São pessoas apaixonadas pelo que fazem, com vocação para o crescimento e para a inovação. Apostamos no talento e valorizamos a experiência.

De acordo com o Regulamento do Novo Mercado, os Administradores deverão subscrever, previamente à sua investidura no cargo, Termo de Anuência dos administradores ao Regulamento do Novo Mercado e às regras da Câmara de Arbitragem da BM&FBOVESPA.

Conselho de Administração

O Conselho de Administração da Companhia poderá ser composto por, no mínimo, 7 (sete) e, no máximo, 11 (onze) membros, acionistas ou não da Companhia, todos eleitos e destituíveis pela Assembleia Geral, com mandato unificado de 1 (um) ano, sendo permitida a reeleição.

Atualmente o Conselho de Administração da Companhia é composto por 07 (sete) membros, sendo 04 (quatro) independentes, atendendo às exigências do Novo Mercado.

Conforme estabelecido no artigo 17 do Estatuto Social da Companhia, compete ao Conselho de Administração a orientação geral dos negócios da Companhia, assim como de controlar e fiscalizar o seu desempenho. Dentre outras atribuições, cabe ao Conselho de Administração:

  • Exercer as funções normativas das atividades da Companhia, podendo avocar para seu exame e deliberação qualquer assunto que não se compreenda na competência privativa da Assembleia Geral ou da Diretoria;
  • Fixar a orientação geral dos negócios da Companhia e deliberar sobre qualquer assunto relevante para a estratégia da Companhia, ressalvando-se, entretanto, que a Diretoria será responsável por todas as decisões relacionadas às atividades do dia-a-dia da Companhia, conforme estabelecido no Estatuto Social;
  • Nomear e destituir os membros da Diretoria da Companhia;
  • Atribuir, dentro do limite fixado anualmente pela Assembleia Geral, a remuneração dos administradores, quando votada em verba global;
  • Atribuir aos membros da Diretoria suas respectivas funções, atribuições e limites de alçada não especificados no Estatuto Social, inclusive designando o Diretor de Relações com Investidores, observado o disposto no Estatuto Social.

Como previsto na Política de Governança Corporativa da Companhia, o Conselho de Administração deve, ainda, zelar pelas transações que envolvam partes relacionadas.

A ENEVA S.A. reconhece o valor das boas práticas de Governança Corporativa e se empenha, constantemente, em aprimorá-las, atuando ativamente na realização de reuniões com investidores, manutenção de discussões junto aos seus stakeholders, incentivo à participação de seus acionistas nas Assembleias Gerais e implantação em seus empreendimentos das mais avançadas técnicas de desenvolvimento sustentável.

Conselheiro de Administração

CARLOS MARCIO FERREIRA - Presidente DO CONSELHO

O Sr. Carlos Marcio Ferreira é executivo com mais de 26 anos de experiência em posições de liderança empresarial, sendo 13 anos no setor elétrico. É formado em Ciências Contábeis com especialização em Controladoria e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas. No último ano, ocupou a posição de Vice-Presidente de Distribuição do Grupo Energisa, onde conduziu a integração com o Grupo Rede. Anteriormente, ocupou cargos de liderança na CPFL Energia, Elektro e Intertational Paper.

Edwyn Neves - MEMBRO INDEPENDENTE DO CONSELHO

Edwyn Neves é sócio do BTG Pactual, membro do time de private equity e conselheiro da Estapar, B&A e Deep Sea. Edwyn ingressou na BTG em agosto de 2008 como membro do time de private equity. Antes de ingressar no BTG Pactual, Edwyn trabalhou na divisão de investment banking do Credit Suisse no Brasil entre abril de 2007 e julho de 2008. Entre maio de 2005 e março de 2007, Edwyn foi membro da equipe brasileira de private equity do Advent International. Edwyn é formado em Administração de Empresas pela FGV-EAESP.

Frank Possmeier - MEMBRO DO CONSELHO

Frank Possmeier é graduado em economia pela Universidade de Munster (Alemanha), onde também recebeu o título de PhD em economia e administração. Atualmente é vice-presidente de fusões e aquisições e estratégia da Uniper. Em 2014, foi Diretor Vice-Presidente da ENEVA e, anteriormente, exerceu diversos cargos de alta gerência na E.ON e E.ON International, em especial nas áreas financeiras e de fusões e aquisições.

Guilherme Bottura - MEMBRO INDEPENDENTE DO CONSELHO

Entre janeiro de 2003 e dezembro de 2004, atuou como Superintendente da ABN AMRO (setor bancário). Entre janeiro de 2005 e julho de 2009, ocupou o cargo de "vice-president" na Goldman Sachs (setor bancário) e entre agosto de 2009 e junho de 2011, atuou como Gestor de "Portfolio" na Lanx Capital (setor de gestão de recursos). Em julho de 2011 iniciou suas atividades como Sócio-Diretor da Cambuhy Investimentos Ltda. (setor de gestão de recursos), onde atua até hoje. Desde fevereiro de 2014, o Sr. Guilherme Bottura atua como Conselheiro na Parnaíba Gás Natural.

José aurelio drummond jr. - Membro DO CONSELHO

José Drummond é engenheiro metalurgista formado pela Faculdade de Engenharia Industrial (São Paulo) com especialização pela Wharton Business School (EUA). Recentemente, foi presidente para a América Latina da Alcoa. Anteriormente, o Sr. Drummond foi sócio de uma firma independente de private equity com foco em investimentos na América do Sul. Trabalhou por 14 anos na Whirlpool, onde exerceu diversos cargos de liderança, tendo sido presidente para América Latina e para a Europa, Oriente Médio e África (EMEA).

Marcelo Pereira Lopes de Medeiros - MEMBRO INDEPENDENTE DO CONSELHO

O Sr. Marcelo Pereira Lopes de Medeiros, engenheiro civil, ao longo de sua carreira profissional, atuou e atua como (i) conselheiro na Parnaíba Gás Natural S.A., deste 2014; (ii) conselheiro, desde 2016, na companhia Cia. Hering; (iii) conselheiro na Technos S.A., deste 2008 até a presente data; (iv) conselheiro na Springs Global S.A., desde 2007 até a presente data; (v) conselheiro, de 2008 a presente data, na RB Capital S.A.; (vi) conselheiro, de 2007 a 2011, na Brazil Trade Shows Partners S.A.; (vii) conselheiro, de 2008 a 2015, na Damásio Educacional S.A.; (viii) conselheiro, 2011 a presente data, na Cambuhy Investimentos Ltda.; (ix) conselheiro, de 2006 a presente data, na DLJSAP/Victoria Capital Partners; (x) conselheiro, de 2003 a presente data, na Lanx Capital; (xi) conselheiro, 1998 a 2003, na Credit Suisse Group; (xii) conselheiro, de 1991 a 1997, no Banco de Investimentos Garantia; (xiii) conselheiro, de 1986 a 1991, no Banco Capitaltec S.A.

Renato Antonio Secondo Mazzola - MEMBRO INDEPENDENTE DO CONSELHO

O Sr. Renato Antônio Secondo Mazzola é sócio do Grupo BTG Pactual é atualmente responsável pela área de Infraestrutura e Private Equity. Tendo se juntado ao Grupo BTG Pactual em junho de 2011.
O Sr. Renato possui longa experiência no mercado financeiro e foi gestor de investimentos em diversas companhias de infraestrutura nos setores de transporte & logística, águas, energia e telecomunicações. Antes de se juntar ao Grupo BTG Pactual, o Sr. Renato passou 5 anos como gestor de investimentos sênior no Banco de Desenvolvimento Interamericano (BID), na divisão de infraestrutura. Anteriormente, ele passou 5 anos no JP Morgan. É formado em economia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), com MBA em mercado de capitais pela Universidade de São Paulo (USP) e pós-graduação em relações internacionais pela The Fletcher School (Tufts University).

Diretoria Executiva

Os Diretores da ENEVA S.A. são os seus representantes legais, responsáveis, principalmente, pela administração cotidiana da Companhia e pela implementação das políticas e diretrizes gerais estabelecidas pelo Conselho de Administração. De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, os diretores da Companhia devem ser residentes no país, podendo ser acionista ou não.

O Diretor Presidente e o Diretor Vice-Presidente são eleitos pelo Conselho de Administração da Companhia com mandato de dois anos, sendo permitida a reeleição. O cargo de Diretor de Relações com Investidores será ocupado ou pelo Diretor Presidente ou pelo Diretor Vice-Presidente. Adicionalmente, a Diretoria da Companhia poderá ser composta por membros não estatutários.

Os atuais membros da Diretoria são:

Diretores

Pedro Zinner - Diretor Presidente e Diretor de Relações com Investidores

Formado em Economia pela PUC-Rio, com MBA pela University of Chicago Booth School of Business. Possui mais de 20 anos de experiência em estratégia, gerenciamento de risco, finanças e planejamento corporativo. Antes de se juntar a ENEVA, Pedro Zinner foi CEO da Parnaíba Gás Natural S.A. e, anteriormente, Tesoureiro Global e Head Global de Tax e Serviços Compartilhados, Vice-Presidente na BG Group no Reino Unido, Head Global de Tesouraria e Finanças Corporativas na Vale, Senior Managing Director na Vale, Head Global de Gestão de Riscos Corporativos na Vale na Suíça e responsável por Análise de Investimentos, Fusões & Aquisições e Private Equity no Banco Icatu.

Laira Sanui - Diretora

Graduada em Engenharia Mecânica e Industrial pela USP, com MBA pela Anderson School of University of California, Los Angeles e tem mais de 15 anos de experiência em planejamento corporativo, finanças e governança. Antes de ingressar na PGN, foi Gerente Geral de Finanças Corporativas pela Vale, Gerente Geral de Integração pela Vale, Gerente Geral de Planejamento pela Vale, e Consultora Sênior pela Booz & Company.

Lino Lopes Cançado - Diretor

É formado e pós-graduado em Engenharia Mecânica na PUC - Rio, com mestrado em Gerência de Projetos de Desenvolvimento de Óleo & Gás pela Heriot-Watt University, Edinburgh, na Escócia. Possui mais de 23 anos de experiência na indústria de Óleo & Gas, com ênfase em gerência de projetos, construção de poços, produção e extração de gás natural. Antes de ingressar na PGN, foi Vice-Presidente de Projetos Integrados na Schlumberger América do Sul, Diretor de Operações na Schlumberger Brasil, Gerente de Projetos Integrados na Schlumberger Brasil, Gerente de Projeto no desenvolvimento de campos de gás no Norte do México na Schlumberger México e América Central.

Paulo Affonso Petrassi Filho - Diretor

É formado em Engenharia Mecânica e possui MBA, ambos pela PUC-Rio. Trabalha há seis anos com a implantação e operação de projetos térmicos. Antes de atuar no setor de energia, trabalhou por 17 anos no mercado de metais e mineração, em empresas como o Grupo Gerdau, Norsk Hydro e a MAN Ferrostaal.

Comitês

A ENEVA S.A. conta, ainda, em sua estrutura de Governança Corporativa com Comitês Consultivos do Conselho de Administração, sendo eles: Comitê de Auditoria, Comitê de Estratégia e Comitê de Recursos Humanos.

Comitê de Auditoria

O Comitê de Auditoria é um órgão de assessoramento e auxiliará o Conselho de Administração, recomendando e aconselhando-o em suas decisões sobre (i) integridade das demonstrações financeiras e dos processos de controles internos e de risco; (ii) a revisão dos resultados financeiros da Companhia; (iii) efetividade dos processos de auditoria interna e sistemas operacionais; (iv) a independência, qualificações e desempenho dos auditores independentes; (v) observância das Leis e regulamentos aplicáveis; e (vi) temas relacionados a área de Compliance e Canal de Denúncias.

O Comitê de Auditoria tem, dentre outras, as seguintes responsabilidades:

  • Análise de Relatórios e Dados Financeiros;
  • Acompanhar e assegurar a eficácia de sistemas de controle interno e gestão de riscos, incluindo controle e segurança de tecnologia da informação;
  • Analisar relatórios do departamento de auditoria interna;
  • Analisar os relatórios de Auditoria Independente; e
  • Observância: analisar a eficácia dos sistemas de monitoramento em conformidade com as leis e regulamentos.
  • Acompanhar e assegurar a eficácia e solidez dos processos e sistemas de relatório financeiro da ENEVA.

Membros do Comitê

EDWYN NEVES. - MEMBRO DO COMITÊ

Edwyn Neves é sócio do BTG Pactual, membro do time de private equity e conselheiro da Estapar, B&A e Deep Sea. Edwyn ingressou na BTG em agosto de 2008 como membro do time de private equity. Antes de ingressar no BTG Pactual, Edwyn trabalhou na divisão de investment banking do Credit Suisse no Brasil entre abril de 2007 e julho de 2008. Entre maio de 2005 e março de 2007, Edwyn foi membro da equipe brasileira de private equity do Advent International. Edwyn é formado em Administração de Empresas pela FGV-EAESP.

GUILHERME BOTTURA - MEMBRO DO COMITÊ

Entre janeiro de 2003 e dezembro de 2004, atuou como Superintendente da ABN AMRO (setor bancário). Entre janeiro de 2005 e julho de 2009, ocupou o cargo de "vice-president" na Goldman Sachs (setor bancário) e entre agosto de 2009 e junho de 2011, atuou como Gestor de "Portfolio" na Lanx Capital (setor de gestão de recursos). Em julho de 2011 iniciou suas atividades como Sócio-Diretor da Cambuhy Investimentos Ltda. (setor de gestão de recursos), onde atua até hoje. Desde fevereiro de 2014, o Sr. Guilherme Bottura atua como conselheiro na Parnaíba Gás Natural.

Comitê de Estratégia

O Comitê de Estratégia é um órgão de assessoramento e auxiliará o Conselho de Administração aconselhando e fazendo recomendações em suas decisões no tocante (i) ao pipeline de projetos da Companhia; (ii) status de projetos em andamento, incluindo eventuais operações de fusões e aquisições em que a empresa esteja envolvida; (iii) estratégias de negócio; (iv) projeções de caixa, incluindo despesas de CAPEX e financiamentos; (v) estratégias de financiamento e definição sobre orçamentos anuais; (vi) revisão de resultados periódicos e anuais e definição de planos plurianuais; (vii) temas regulatórios estratégicos; (viii) aderência à Visão da Companhia, conforme definida pelo Conselho de Administração; e (ix) outros temas de cunho estratégico para a Companhia.

O Comitê de Estratégia tem, dentre outras, as seguintes responsabilidades:

  • Conhecer, discutir e fazer recomendações a respeito do pipeline de projetos da Companhia;
  • Zelar pela observância das regras regulatórias e de comunicação com o mercado; e
  • Acompanhar e assegurar a eficácia e solidez dos processos e sistemas de relatório financeiro da ENEVA.

Membros do Comitê

EDWYN NEVES - MEMBRO DO COMITÊ

Edwyn Neves é sócio do BTG Pactual, membro do time de private equity e conselheiro da Estapar, B&A e Deep Sea. Edwyn ingressou na BTG em agosto de 2008 como membro do time de private equity. Antes de ingressar no BTG Pactual, Edwyn trabalhou na divisão de investment banking do Credit Suisse no Brasil entre abril de 2007 e julho de 2008. Entre maio de 2005 e março de 2007, Edwyn foi membro da equipe brasileira de private equity do Advent International. Edwyn é formado em Administração de Empresas pela FGV-EAESP.

GUILHERME BOTTURA - MEMBRO DO COMITÊ

Entre janeiro de 2003 e dezembro de 2004, atuou como Superintendente da ABN AMRO (setor bancário). Entre janeiro de 2005 e julho de 2009, ocupou o cargo de "vice-president" na Goldman Sachs (setor bancário) e entre agosto de 2009 e junho de 2011, atuou como Gestor de "Portfolio" na Lanx Capital (setor de gestão de recursos). Em julho de 2011 iniciou suas atividades como Sócio-Diretor da Cambuhy Investimentos Ltda. (setor de gestão de recursos), onde atua até hoje. Desde fevereiro de 2014, o Sr. Guilherme Bottura atua como conselheiro na Parnaíba Gás Natural.

JOSÉ AURÉLIO DRUMMOND JR. - MEMBRO DO COMITÊ

José Drummond é engenheiro metalurgista formado pela Faculdade de Engenharia Industrial (São Paulo) com especialização pela Wharton Business School (EUA). Recentemente, foi presidente para a América Latina da Alcoa. Anteriormente, o Sr. Drummond foi sócio de uma firma independente de private equity com foco em investimentos na América do Sul. Trabalhou por 14 anos na Whirlpool, onde exerceu diversos cargos de liderança, tendo sido presidente para América Latina e para a Europa, Oriente Médio e África (EMEA).

MARCELO PEREIRA LOPES DE MEDEIROS - MEMBRO DO COMITÊ

Marcelo Pereira Lopes de Medeiros, engenheiro civil, ao longo de sua carreira profissional, atuou e atua como (i) conselheiro na Parnaíba Gás Natural S.A., deste 2014; (ii) conselheiro, desde 2016, na companhia Cia. Hering; (iii) conselheiro na Technos S.A., deste 2008 até a presente data; (iv) conselheiro na Springs Global S.A., desde 2007 até a presente data; (v) conselheiro, de 2008 a presente data, na RB Capital S.A.; (vi) conselheiro, de 2007 a 2011, na Brazil Trade Shows Partners S.A.; (vii) conselheiro, de 2008 a 2015, na Damásio Educacional S.A.; (viii) conselheiro, 2011 a presente data, na Cambuhy Investimentos Ltda.; (ix) conselheiro, de 2006 a presente data, na DLJSAP/Victoria Capital Partners; (x) conselheiro, de 2003 a presente data, na Lanx Capital; (xi) conselheiro, 1998 a 2003, na Credit Suisse Group; (xii) conselheiro, de 1991 a 1997, no Banco de Investimentos Garantia; (xiii) conselheiro, de 1986 a 1991, no Banco Capitaltec S.A..

PEDRO ZINNER - MEMBRO DO COMITÊ

Formado em Economia pela PUC-Rio, com MBA pela University of Chicago Booth School of Business. Possui mais de 20 anos de experiência em estratégia, gerenciamento de risco, finanças e planejamento corporativo. Antes de se juntar a ENEVA, Pedro Zinner foi CEO da Parnaíba Gás Natural S.A. e, anteriormente, Tesoureiro Global e Head Global de Tax e Serviços Compartilhados, Vice-Presidente na BG Group no Reino Unido, Head Global de Tesouraria e Finanças Corporativas na Vale, Senior Managing Director na Vale, Head Global de Gestão de Riscos Corporativos na Vale na Suíça e responsável por Análise de Investimentos, Fusões & Aquisições e Private Equity no Banco Icatu.

Comitê de Recursos Humanos

O Comitê de Recursos Humanos é um órgão de assessoramento e auxiliará e fará recomendações ao Conselho de Administração em suas decisões sobre questões de remuneração e políticas de pessoas.

O Comitê de Recursos Humanos terá a seguinte composição: 2 (dois) membros do Conselho de Administração e 2 (dois) membros da Diretoria da Companhia.

O Comitê de RH tem, dentre outras, as seguintes responsabilidades:

  • Fazer recomendações ao Conselho de Administração em termos de avaliação de desempenho do Diretor-Presidente e do Diretor Vice-Presidente, aprovação das avaliações de desempenho dos administradores seniores da Companhia e de suas subsidiárias e realização de recomendações ao Conselho de Administração em relação ao planejamento de sucessão e desenvolvimento de executivos;
  • Analisar e apresentar relatório ao Conselho de Administração sobre a estratégia de remuneração de executivos em geral e o desenvolvimento e implementação de programas e benefícios de remuneração; e
  • Analisar os planos e programas para a contratação, retenção, sucessão, incentivo e desenvolvimento do ‘pool’ de talentos da Companhia.

Membros do Comitê

EDWYN NEVES - MEMBRO DO COMITÊ

Edwyn Neves é sócio do BTG Pactual, membro do time de private equity e conselheiro da Estapar, B&A e Deep Sea. Edwyn ingressou na BTG em agosto de 2008 como membro do time de private equity. Antes de ingressar no BTG Pactual, Edwyn trabalhou na divisão de investment banking do Credit Suisse no Brasil entre abril de 2007 e julho de 2008. Entre maio de 2005 e março de 2007, Edwyn foi membro da equipe brasileira de private equity do Advent International. Edwyn é formado em Administração de Empresas pela FGV-EAESP.

GUILHERME BOTTURA - MEMBRO DO COMITÊ

Entre janeiro de 2003 e dezembro de 2004, atuou como Superintendente da ABN AMRO (setor bancário). Entre janeiro de 2005 e julho de 2009, ocupou o cargo de "vice-president" na Goldman Sachs (setor bancário) e entre agosto de 2009 e junho de 2011, atuou como Gestor de "Portfolio" na Lanx Capital (setor de gestão de recursos). Em julho de 2011 iniciou suas atividades como Sócio-Diretor da Cambuhy Investimentos Ltda. (setor de gestão de recursos), onde atua até hoje. Desde fevereiro de 2014, o Sr. Guilherme Bottura atua como conselheiro na Parnaíba Gás Natural.

JOSÉ AURÉLIO DRUMMOND JR. - MEMBRO DO COMITÊ

José Drummond é engenheiro metalurgista formado pela Faculdade de Engenharia Industrial (São Paulo) com especialização pela Wharton Business School (EUA). Recentemente, foi presidente para a América Latina da Alcoa. Anteriormente, o Sr. Drummond foi sócio de uma firma independente de private equity com foco em investimentos na América do Sul. Trabalhou por 14 anos na Whirlpool, onde exerceu diversos cargos de liderança, tendo sido presidente para América Latina e para a Europa, Oriente Médio e África (EMEA).

LAIRA SANUI - MEMBRO DO COMITÊ

Graduada em Engenharia Mecânica e Industrial pela USP, com MBA pela Anderson School of University of California, Los Angeles e tem mais de 15 anos de experiência em planejamento corporativo, finanças e governança. Antes de ingressar na PGN, foi Gerente Geral de Finanças Corporativas pela Vale, Gerente Geral de Integração pela Vale, Gerente Geral de Planejamento pela Vale, e Consultora Sênior pela Booz & Company.

MARCELO PEREIRA LOPES DE MEDEIROS - MEMBRO DO COMITÊ

O Sr. Marcelo Pereira Lopes de Medeiros, engenheiro civil, ao longo de sua carreira profissional, atuou e atua como (i) conselheiro na Parnaíba Gás Natural S.A., deste 2014; (ii) conselheiro, desde 2016, na companhia Cia. Hering; (iii) conselheiro na Technos S.A., deste 2008 até a presente data; (iv) conselheiro na Springs Global S.A., desde 2007 até a presente data; (v) conselheiro, de 2008 a presente data, na RB Capital S.A.; (vi) conselheiro, de 2007 a 2011, na Brazil Trade Shows Partners S.A.; (vii) conselheiro, de 2008 a 2015, na Damásio Educacional S.A.; (viii) conselheiro, 2011 a presente data, na Cambuhy Investimentos Ltda.; (ix) conselheiro, de 2006 a presente data, na DLJSAP/Victoria Capital Partners; (x) conselheiro, de 2003 a presente data, na Lanx Capital; (xi) conselheiro, 1998 a 2003, na Credit Suisse Group; (xii) conselheiro, de 1991 a 1997, no Banco de Investimentos Garantia; (xiii) conselheiro, de 1986 a 1991, no Banco Capitaltec S.A.

Conselho Fiscal

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho Fiscal é um órgão societário independente da administração e dos auditores externos e que pode funcionar tanto de forma permanente quanto de forma não permanente. A Companhia prevê em seu Estatuto Social o funcionamento do Conselho Fiscal em caráter não permanente, podendo ser instalado a pedido de acionistas, nos termos da legislação aplicável.

Quando instalado, competirá ao Conselho Fiscal as atribuições previstas na regulamentação aplicável, permanecendo em funcionamento até a primeira assembleia geral ordinária após a sua instalação. As principais responsabilidades do Conselho Fiscal consistem em fiscalizar as atividades da administração, rever as demonstrações financeiras da companhia e reportar suas conclusões aos acionistas. De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o Conselho Fiscal deve ser composto por, no mínimo, três e, no máximo, cinco membros efetivos e igual número de suplentes.

O Conselho Fiscal da Companhia não foi instalado na AGO do dia 28/4/2016.